A importância da autorregulação na gestão de conflitos e nas relações familiares.

EzyWatermark180409091458458.pngNenhuma relação está isenta de conflitos, é fato. Mesmo que essas relações sejam com as pessoas que mais amamos, como nossos filhos por exemplo.

EU sei também que manter a calma 100% do tempo, principalmente quando parece que a criança tem o objetivo de nos tirar do eixo parece impossível. CORRETO?

ERRADO! hehehe

E por que errado?

PRIMEIRO: A criança não tem o objetivo de tirar você do eixo… se ela tá nervosa, irritada, birrenta e desobediente tem algo que ela quer expressar e não consegue encontrar a forma adequada e nem o espaço pra isso.

SEGUNDO: Perder a paciência e gritar com a criança é mesmo uma escola SUA!

Aprender a fazer gestão emocional é fundamental pra termos qualidade nas nossas relações. Seja em casa, no trabalho ou com amigos. E, na minha opinião, deveria ser algo ensinado nas escolas…. Assim como o matemática ou o português.

Quando nos autorregulamos e fazemos gestão das nossas EMOÇÕES, como consequência disso temos uma igual gestão de comportamentos, logo, conseguimos decidir com maior clareza qual a melhor estratégia para lidar com conflitos…. principalmente com nossos filhos, que precisam aprender também a se autorregular. E eles não aprendem isso sozinhos. Precisamos ENSINÁ-LOS.

O que ganhamos com autorregulação e gestão de emoções? Ganhamos a possibilidade de nos relacionarmos melhor com as pessoas e ainda de ensinarmos aos pequenos que PODEMOS SIM ficarmos chateados e zangados sem precisar agredir o outro.

E como consequência de relações positivas desenvolvemos vínculos fortes e relações cheias de significados. O que ganhamos mais uma vez com vínculos fortes estabelecidos com nossos filhos? FILHOS QUE COOPERAM E RESPEITAM OS PAIS. Ninguém coopera com ninguém se não sentirem-se conectados e ligados à outra pessoa. Nenhuma criança ou adolescente cooperará com seus pais se não houver uma relação significativa e de valor. Este é o maior segredo de relações saudáveis entre pais e filhos. E ela não acontece naturalmente com o nascimento da criança em uma determinada família. Ela precisa ser construída.

Quer conhecer como eu ajudo famílias a construirem relações mais saudáveis, sobretudo com as crianças? Conheça meu CURSO ONLINE AQUI.

Ana Flora Medeiros

Acolhedora de pais

Educadora  parental

Psicóloga

Especialista em Neuropsicologia

Mestranda em Psicologia do Desenvolvimento

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close