Por que a felicidade dos pais influencia a dos filhos?

EzyWatermark180327100714314.png

PAIS FELIZES = FILHOS FELIZES

A regra principal para uma parentalidade leve é você conseguir encontrar FELICIDADE. A função dos pais não é fácil e de certa forma todos esperam que saibamos o que estamos fazendo. Nos sentimos pressionados por nós mesmos e pelos outros. Mas existe uma regra ESSENCIAL para conseguirmos criar crianças felizes. Para isso, precisamos estar FELIZES. Termos momentos felizes, cuidarmos de nós e exercemos outros papeis além do de mãe e pai é fundamental pra encontrarmos equilíbrio. A vida está cheia de tarefas  monótonas e que sugam nossas energias. Então, se eu consigo encontrar equilíbrio, também ajudo a quem estar ao meu redor a conseguir equilíbrio. O entusiasmo é um sentimento contagiante. E sabe quem é a pessoa responsável pela sua felicidade? VOCÊ MESMO! Ninguém é mais responsável pela própria felicidade do que nós mesmos. Se estamos brincando com nossos filhos, indispostas, impacientes….quando na verdade gostaríamos de estar na academia  ou tomando um café com uma amiga, então talvez seja importante termos alguns dias semanas para realizar essas vontades. Não há muito segredo nisso e a maioria das pessoas conhece essa fórmula. A questão está em nos AUTORIZARMOS a fazê-lo e deixarmos nossos filhos para cuidar de nós mesmos sem sentir CULPA. Quantos pais não abrem mão do futebol ou seja lá qual for o programa semanal com os amigos?  E você mãe, por que não começa a ter um tempo pra você também? Seu filho não vai amar menos você por isso e nem se sentir abandonado. E além de tudo terá uma pessoa feliz, satisfeita e com equilíbrio ao seu lado. Como consequência disso, teremos crianças felizes e acolhidas.

E aí? Qual será a atitude que você terá pra deixar a parentalidade mais leve? Descomplique! A vida não tem que ser sempre rígida e imutável. Viva os dias, um de cada vez e seja feliz.

Ana Flora Medeiros

Acolhedora de Pais

Orientadora Parental

Psicóloga

Especialista em Neuropsicologia

Mestranda em Psicologia do Desenvolvimento

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close